Ministério da Saúde fornece Cannabis medicinal ao custo de R$ 40 milhões

ministerio da saude fornece cannabis frasco

Compartilhar:

Atualmente o Ministério da Saúde fornece Cannabis medicinal e custos chegam a R$ 40 milhões em dados coletados até outubro de 2023.

Este valor foi gasto apenas atendendo demandas de pacientes que buscaram na justiça a cobertura do tratamento pelo estado.

Ministério da Saúde fornece Cannabis e vê aumento em pedidos

Segundo os dados da pasta, houve um aumento de 378% no volume de pedidos de medicamentos à base de canabinoides no último ano.

Os gastos com a importação aumentaram de R$ 160.000 nos três primeiros meses de 2021 para R$ 767.000 no mesmo período de 2022.

Ministério da Saúde fornece Cannabis

Fornecimento de Cannabis medicinal por Ministério da Saúde bate recordes

Em audiência na Câmara dos Deputados, em novembro de 2023, representante do Ministério da Saúde apresentou dados ainda mais impactantes.

Ele afirmou que processos envolvendo medicamentos à base de Cannabis aumentaram 1.000% em 2022, destacando que manter esse modelo não é inteligente para o governo.

Dados indicam que em 2021 os gastos com a judicialização foram de R$ 160 mil por ano.

Em 2022, a cifra ultrapassou a marca de R$ 1 milhão e 700 mil, destinados à provisão do medicamento importado a pacientes mediante decisões judiciais.

Entre 2015 e 2022, foram 128 demandas provenientes de ações judiciais envolvendo pacientes do Distrito Federal e relacionadas a medicamentos contendo Canabidiol (CBD) e análogos.

Em suma, foram disponibilizadas 5.468 unidades, beneficiando exclusivamente os pacientes da capital do país.

Esse esforço totalizou um investimento superior a R$ 3 milhões em medicamentos adquiridos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ministério da Saúde fornece Cannabis

Discrepância de valores

O custo anual por paciente no DF é de R$ 25 mil, contudo, Limeira (SP) teve valor superior em licitação realizada no final do ano passado.

Em Limeira um paciente custa anualmente cerca de R$ 50 mil. Para a cidade de Limeira, cada paciente custará o dobro do valor licitado no DF.

É crucial mencionar que nem todas as demandas judiciais atendidas pelos estados correspondem à mesma concentração licitada.

Ainda assim, útil para compreender a distorção entre os valores gastos pelos estados na aquisição do medicamento.

Hoje, com o Ministério da Saúde apoiando tratamento com cannabis medicinal, pacientes que fazem uso de flores basicamente só precisam ter cuidado com o jacaré.

Jogue ou Decore

Abrir bate-papo
A equipe da Radio Hemp tá atenta! Se apresente e diga se é um ouvinte, cliente ou lojista que já vamos te atender!