Venda de maconha legal cresce nos EUA

Compartilhar:

Com a popularização da venda de maconha legal em cada vez mais estados, estadunidenses adotam uma saudável rotina: Aumentar os intervalos de consumo de álcool.

Essa moda veio pra ficar?

Muito influenciados pelo “dry january” (janeiro seco, em tradução livre) que vem bombando nas redes sociais, milhões de norte-americanos passaram a beber menos álcool.

A trend viral que incentiva pessoas a consumirem menos álcool em janeiro reverberou tanto que a indústria de bebida sentiu um baque.

Venda de maconha legal
Pois também houve um aumento no consumo da planta em estados onde é legal a venda de cannabis.

Por causa de dados assim, indústria da maconha que não é boba nem nada também tá de olho nisso.

“Pessoas entram em nossas lojas dizendo que não estão bebendo em janeiro, aumentando suas compras de cannabis” disse o dono de um estabelecimento.

A venda de maconha legal nos EUA está tendo um aumento de 19% em janeiro. Contudo, setor cresce cerca de 6% a cada trimestre.

No último trimestre empresas de cerveja na América do Norte registraram uma queda de 1,7% nas vendas, primeira redução desde o início da pandemia.

Venda de maconha legal

Venda de maconha legal e menor consumo de álcool

Uma pesquisa nacional mostrou que em 2015 cerca de 60% dos jovens de 18 a 25 anos disseram ter bebido álcool nos últimos 30 dias.

A mesma pesquisa foi feita este ano e o número de pessoas que usaram álcool diminuiu. Apenas 50% dos entrevistados relataram o uso.

Em suma, ainda mais pessoas estão bebendo menos álcool, bem como o consumo de maconha vem aumentando.

Atualmente 24 estados dos EUA consideram legalizar a maconha recreativa. O que pode significar tempos difíceis para a indústria de bebidas.

Definitivamente 100 anos de estigma não foram suficientes para barrar as informações sobre maconha.

Como resultado, a preferência pela maconha em substituição ao álcool é algo que parece natural.

Jogue ou Decore

Abrir bate-papo
A equipe da Radio Hemp tá atenta! Se apresente e diga se é um ouvinte, cliente ou lojista que já vamos te atender!